16 April 2024

‘Não vamos nos curvar ao crime’, diz Tarcísio de Freitas – Conexão Política

1 min read

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (1º), Tarcísio de Freitas disse que chegou a 14 o número de mortes em ação policial na Baixada Santista desde o último fim de semana.

A lire en complément : India akan bergerak maju dengan memadukan kemajuan, lingkungan dan budaya: Meenakshi Lekhi

A investida ocorre após o assassinato de Patrick Bastos Reis, PM da Rota, na noite da última quinta-feira (27) no Guarujá.

Tarcísio afirmou que conflitos entre criminosos e policiais são “efeito colateral” da tentativa de “asfixiar” o crime organizado na Baixada Santista.

Cela peut vous intéresser : Tiongkok menahan lima orang karena meminimalkan kematian akibat banjir

“A gente está conduzindo isso com muita responsabilidade. Agora, nós temos uma situação de crime organizado que está tentando manter o seu território, que está lá agonizando e recebendo uma grande asfixia e retaliando. Não existe esse combate ao crime sem efeito colateral, me desculpa, isso não tem”, declarou Tarcísio.

“Quando você faz uma asfixia em um local, você tem uma reação. Isso significa que a operação está gerando incômodo, que está prejudicando o ‘business’. Nós não queremos o combate, mas também não vamos nos curvar ao crime”, emendou.