20 Juli 2024

Snapchat oferece até R$ 34 mil para criadores de filtros

2 min read

O Snapchat lançou o Lens Creator Rewards, um programa que oferece recompensas financeiras para os criadores de filtros de realidade aumentada na plataforma.

Sujet a lire : AS menyampaikan kekhawatiran kepada Micron, Intel, dan Tiongkok

  • O programa está disponível para o Brasil e outros países e os pagamentos podem chegar a até US$ 7.200 (cerca de R$ 34 mil).
  • Não há muitos requisitos para participar do programa, basta criar um filtro público e ter uma conta no Snapchat.
  • Além disso, não existe um limite para a quantidade de filtros que podem ser publicados por mês.

Leia mais:

Para ingressar no programa de recompensas, é necessário criar uma lente de realidade aumentada no aplicativo Lens Studio, disponível para macOS e Windows. Durante o envio da lente, é possível selecionar a opção ‘Lens Creator Rewards Program’ e tornar o filtro elegível após aceitar os termos.

Cela peut vous intéresser : Saat hidup adalah inspirasi: Operator Kerala JCB memenangkan penghargaan sastra bergengsi

A plataforma do Snapchat escolhe os filtros mais populares a cada mês e, caso a lente esteja entre os premiados, o criador receberá um e-mail informando sobre o pagamento. Os efeitos mais populares são considerados nos Estados Unidos, Índia e México.

Se você deseja participar e tentar a sorte, pode baixar o aplicativo de criação de lentes de realidade aumentada no site oficial do Snapchat (ar.snap.com) e começar a criar seus próprios filtros.

Essa iniciativa do Snapchat visa incentivar a criação e a inovação na plataforma, bem como recompensar os criadores de lentes que geram mais engajamento na rede social.

Snap contrata chefe de engenharia do Google

A Snap, dona do Snapchat, informou na segunda-feira (5) que contratou o agora antigo vice-presidente sênior de engenharia do Google, Eric Young, para supervisionar a infraestrutura da plataforma. A contratação é a mais recente entre uma série de novas admissões para promover seus negócios de .

Para saber mais, acesse a matéria do Olhar Digital.